Editorial

Marcos Emanoel Pereira
Texto completo: PDF


Artigos

As dimensões da Carga Cognitiva e o Esforço Mental
Marcus Vinicius Costa Alves, João Gabriel Modesto, Deborah Lima-Rossetti, Juliana Lanini & Orlando Francisco Amodeo Bueno

Resumo / Abstract

Resumo: A aprendizagem de novas informações e o tomar de decisões depende da utilização dos recursos cognitivos dos indivíduos, sendo esta utilização intrinsicamente dependente da capacidade de processamento cognitivo que os indivíduos dispõem. A Carga Cognitiva é um construto extremamente utilizado nas ciências cognitivas e da educação que representa a carga imposta ao sistema cognitivo de pessoas, fruto do Esforço Mental implicado na realização de tarefas ou da aprendizagem de novos conhecimentos. No presente estudo revisamos os conceitos de Carga Cognitiva e Esforço mental. Além disso, discutimos as implicações da utilização de recursos cognitivos e da sobrecarga desta utilização na aprendizagem, no comportamento social e como estes fatores – Carga Cognitiva e Esforço Mental – podem ser mensurados experimentalmente.
Palavras-chave: processos mentais, aprendizagem, fadiga mental, psicofisiologia, pensamento.

Abstract: Learn new information and make decisions depends on the use of cognitive resources by individuals, this use being intrinsically dependent on the capacity of cognitive processing that individuals have. The Cognitive Load construct is extremely used in cognitive and educational sciences that represents the burden imposed on the cognitive system of individuals, being the result of the Mental Effort involved on tasks or learning new knowledge. In the present study, we review the Cognitive Load and Mental Effort concepts. In addition, we discuss the implications of the use of cognitive resources and the overload of this use in learning, social behavior and how these factors – Cognitive Load and Mental Effort – can be measured experimentally.
Keywords: mental processes, learning, mental fatigue, psychophysiology, thinking.

| Texto completo: PDF

Coping e bem-estar: um estudo com trabalhadores de organizações de ensino superior
Gleice Quele Espírito Santo & Sônia Regina Pereira Fernandez

Resumo / Abstract

Resumo: O coping tem sido amplamente estudado, contudo existe uma carência de investigações que explorem sua relação com o bem-estar. Este estudo teve como objetivo central analisar as relações entre as estratégias de coping e os níveis bem-estar subjetivo em trabalhadores de organizações de ensino superior da Bahia. Foi realizada uma pesquisa transversal e correlacional com 318 trabalhadores de vínculo empregatício formal, usando as escalas EBES (Albuquerque &Tróccoli) e ECO (Pinheiro, Tróccoli, &Tamayo). Os principais resultados apontaram que a estratégia de coping mais utilizada foi controle. Observou-se a indicação de alto nível de bem-estar subjetivo na maioria dos participantes, sendo encontrada uma correlação positiva, que embora fraca foi significativa, entre a estratégia de coping esquiva e o alto nível de bem-estar subjetivo. Novos estudos são necessários para analisar a dinâmica do trabalho nas organizações de ensino superior e estratégias de coping adotadas pelos trabalhadores, com vistas a subsidiar interveções nestes contextos.
Palavras-chave: coping, bem-estar-subjetivo, organizações de ensino superior.

Abstract: The coping has been widely studied, but there is a lack of studies that explore its relationship to well-being. This study mainly aimed to analyze the relationship between coping strategies and subjective well-being levels among workers in higher education organizations of Bahia. Thus, a cross-sectional and correlational survey of 318 formal employment of workers was conducted, using EBES scale (Albuquerque & Tróccoli) and ECO (Pinheiro, Tróccoli, & Tamayo). The main results indicated that the most used coping strategy was control. A high level of subjective well-being was observed in most of the participants, and a positive correlation was found, although weak, between the coping strategy and the high level of subjective well-being. Further studies are needed to analyze the dynamics of working in higher education organizations and coping strategies adopted by workers, in order to support interveções these contexts.
Keywords: coping, subjective well-being, higher education organizations.

| Texto completo: PDF

Gestalt-terapia no brasil: integrando 10 anos de produção científica
Ana Paula Chagas Monteiro Leite & Adelma Pimentel

Resumo / AbstractResumo: utilizando do método revisão integrativa, integramos a produção científica nacional sobre o fazer clínico em gestalt-terapia a partir dos artigos científicos produzidos no brasil entre 2004 a 2014, com objetivo de compreender as tendências metodológicas, formas de manejo psicoterapêutico e se as pesquisas seguem ou criam modelos teóricos na atuação dos gestalt-terapeutas. Consultamos as bases de dados capes e bvs, pepsic, lilacs, scielo e bireme, com palavra-chave “gestalt-terapia” e identificamos 45 artigos. O enfoque metodológico foi a fenomenologia; em clínica ampliada o enfoque do manejo foi com compreensão de campo, dando importância ao encontro genuíno e posturas e atitudes do gestalt-terapeuta como seu próprio instrumento de trabalho, com destaque para a possibilidade do uso de recursos (experimentos, ludicidade, arteterapia) e/ou o apoio da rede de relações interpessoais do cliente. Como linha de pesquisa construímos a metodologia qualitativa fenomenológico-existencial, com ênfase na teoria da gestalt-terapia e ênfase no contexto clínico.
Palavras-chave: gestalt-terapia; revisão integrativa; manejo clínico; método; teorias.
Abstract: using the integrative review method, we integrate the national scientific production on the clinical practice in gestalt-therapy from the scientific articles produced in brazil between 2004 and 2014, in order to understand the methodological tendencies, forms of psychotherapeutic management and whether the research follows or create theoretical models in the work of gestalt-therapists. We consulted the databases capes and bvs, pepsic, lilacs, scielo and bireme, with keyword “gestalt therapy” and identified 45 articles. The methodological approach was phenomenology; in an expanded clinic the management approach was with field understanding, giving importance to the genuine encounter and postures and attitudes of the gestalt-therapist as its own working instrument, with emphasis on the possibility of using resources (experiments, playfulness, art therapy) and / or the support of the client’s network of interpersonal relationships. As a line of research, we construct the phenomenological-existential qualitative methodology, with emphasis on gestalt-therapy theory and emphasis on the clinical context.
Key-words: gestalt therapy; integrative review; clinical management; method; theorie.

| Texto completo: PDF

Intervenção psicológica em mulheres vítimas de violência doméstica
Celina Marques Ribeiro

Resumo / Abstract

Resumo: O presente artigo reflete a prática clínica junto de mulheres vítimas de violência doméstica, acompanhadas psicologicamente na consulta de Violência Doméstica da Fundação Materno-Infantil Mariana Martins. Ao longo do artigo é realizado um confronto da literatura e estudos realizados sobre o tema com a prática clínica na referida instituição. Neste artigo, inicialmente é realizada uma breve exposição acerca da prevalência deste fenómeno a nível nacional e internacional. São expostos os fatores que poderão estar na base das mulheres tolerarem as relações abusivas onde estão inseridas ou estiveram e é abordado o modelo de intervenção utilizado junto destas mulheres, bem como os resultados. Finalmente, termina-se com uma reflexão acerca do tema, com sugestões consideradas relevantes, que postas em prática podem auxiliar numa compreensão e intervenção mais eficaz junto a vítimas de violência doméstica.
Palavras-chave: violência doméstica; vítima; relação.

Abstract: This article focuses on the clinical practice among women victims of domestic violence, psychologically attended in the Domestic Violence consultation of the Fundação Materno-Infantil Mariana Martins. Throughout the article, is accomplished a comparison of the literature and previous research on this subject with the clinical practice in said institution. In this article, it was developed a brief exposition about the prevalence of this phenomenon at national and international level. Is discussed the factors that could be at the basis of women tolerate the abusive relations where they are inserted or exposed, and is approached the intervention model used with these accompanied women, as well as the results. As a conclusion, there were given reflections on the topic, with suggestions considered relevant, which put into practice can help more effective understanding and intervention with domestic violence victims.
Keywords: domestic violence; victim; relationship.

| Texto completo: PDF

O profissional psicólogo na fase processual do depoimento sem dano
Zeny Noujain Leite Abdallah & Helena Lúcia Froelich

Resumo / Abstract

Resumo: No presente artigo desenvolveu-se um estudo sobre a importância do profissional psicólogo na oitiva de crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência no âmbito judicial. Para tanto, fora realizado estudo bibliográfico buscando pontuar brevemente a maneira com que tradicionalmente eram colhidos os depoimentos destes, comparando-se ao novo dispositivo denominado Depoimento sem Dano, que visa a concretização dos direitos fundamentais da criança/adolescente tendo como mediador o profissional psicólogo. Aborda-se a repercussão deste projeto no âmbito da Psicologia, bem como a contribuição que o profissional desta área pode oferecer frente a esta demanda que lhe é suscitada. Considerando-se a demanda endereçada ao psicólogo, conclui-se que sua contribuição é de suma importância para a não revitimização das vítimas ou testemunhas de violência, bem como, resulta no crescimento da área de atuação desta profissão.

Palavras-chave: Depoimento sem dano, psicologia, oitiva.

Abstract: The present paper has evolved from a study about the importance of the professional psychologist in hearsays with children and youngsters who were either victims or witnesses of violence in the judicial environment. Therefore, a bibliographical research was carried out in order to briefly highlight the way their testimonies were traditionally collected, in comparison with the new legal mechanism called No Damage Deposition, which aims to the concretion of the fundamental rights of children and youngsters, having the professional psychologist as a mediator. It focuses on the repercussion of such project in the environment of Psychology as well as on the contribution of the professional in this area can offer before this demand, which has increased. Considering the demand addressed to the professional psychologist, the study conclusion is that his/her contribution is of utmost importance for not having the revictimization of the victims or witnesses of violence, not to mention that it results in the growth of such profession.

Keywords: No damage deposition, Psychology, Hearsay.

| Texto completo: PDF


Comunicações Breves

As percepções do comportamento suicida na Polícia Militar do Estado da Bahia
Dayse Miranda, Lidiane Menezes & Pablo Nunes

Texto completo: PDF

Entre baleias e porquês: “Efeito de Werther” na Sociedade em Rede
Pablo Nunes

Texto completo: PDF

O Suicídio entre Pessoas em situação de rua: interfaces para o cuidado
Welison de Lima Sousa

Texto completo: PDF

Suicídio na população negra brasileira: nota sobre mortes invisibilizadas
Jeane Saskya Campos Tavares

Texto completo: PDF (português) | PDF (inglês)